Existe um mito de que as salamandras a pellets não necessitam de chaminé. Muitos clientes questionam-nos se é possível instalar salamandras a pellets sem chaminé porque em muitos vídeos e imagens não vêem a tubagem. Lamentamos informar que se trata mesmo de um mito e todo e qualquer equipamento em que haja combustão, seja a pellets, lenha ou gás, necessita de uma extracção de fumos e gases. Faz sentido quando pensamos que até um extractor de cozinha necessita de um tubo para o exterior, certo?

Como se faz a exaustão de uma salamandra a pellets?

Assim, é sempre necessário ter uma conduta de saída de fumos para instalar uma salamandra a pellets! Se quiser instalar uma salamandra a pellets, deverá ter consciência de que é absolutamente necessário ter uma conduta de saída de fumos. Dado que a salamandra a pellets não é encastrável não necessita da típica chaminé mas sim de um tubo em inox que conduza os fumos e gases resultantes da exaustão para o exterior da sua casa. Se viver num prédio, informe-se junto do administrador do condomínio sobre como proceder. Se já existir deverá verificar, antes da instalação, que a conduta está em condições de ser utilizada.

Porque é que em grande parte das imagens de salamandras não vejo o tubo?

Simples, em grande parte dos ambientes e vídeos de salamandras instaladas a salamandra está encostada à parede e o tubo sai directamente para o exterior pela parede! Assim o tubo sobe no exterior e é aí que se coloca o chapéu.

O que recomendam os fabricantes?

Deverá fazer com que o tubo de escape de fumo (com diâmetro interno mínimo de 80 mm) passe para o exterior através de uma parede ou telhado. Devem ser usados tubos isolados de parede dupla de aço inoxidável devidamente ancorados para evitar fenómenos de condensação. Deverá prever na base da tubagem (ou sempre que mude de direcção) um T para as inspecções periódicas e a manutenção anual. O chapéu deverá ser anti-vento ou com aba para evitar o retorno de fumos.