pelletsEscolher pellets de qualidade contribui para um maior rendimento do equipamento e, consequentemente, para consumos mais baixos, o que será uma ajuda preciosa para a sua carteira. Pellets de boa qualidade queimam melhor, produzem menos cinza e sujam menos o braseiro e o vidro, garantindo uma limpeza simples e rápida. Para ter a certeza que comprou pellets de boa qualidade, escolha pellets certificados.

A única forma de ter a certeza acerca da qualidade dos pellets é escolher produtos que tenham um rótulo de qualidade. Esse rótulo garante que a emissão de calor e as quantidades de cinza estão dentro dos valores estabelecidos. Em 2012 foi introduzida uma certificação única europeia que analisa as características químicas e físicas, assim como todo o processo, desde a obtenção da matéria-prima até à venda ao cliente final, avaliando a durabilidade da produção e do transporte.

O resultado é a divisão dos pellets em 3 categorias: A1 para os pellets de melhor qualidade, uma segunda, a A2, e uma terceira, marcada com a letra B, onde constam os pellets de pior qualidade, destinados a uso industrial.

Para além destes certificados, verifique se:
• Os pellets se adaptam ao aparelho térmico ao qual são destinados;
• O saco está intacto;
• Há pouca serradura ou poeira dentro do saco;
• Os granulados não estão inchados, nem irregulares pois podem estar húmidos.