A madeira recém-cortada retém muita água, portanto é difícil acendê-la e mantê-la acesa. Mesmo que pegue fogo, a lenha molhada liberta menos calor, apaga rapidamente, gera mais fumo e fuligem além de que liberta vapor danificando os equipamentos para aquecimento. A secagem eficiente da madeira pode demorar, por isso é melhor comprar lenha com seis meses de antecedência (no mínimo).

Siga estes passos caso queira lenha seca e bem armazenada:

1 – Primeiro junte a madeira. Compre ou corte a madeira pelo menos seis meses antes de usá-la. O ideal é fazer isso o quanto antes, para que ela tenha mais tempo para secar ao ar livre. Se possível, corte-a com um ano de antecedência. Atenção que o clima interfere no tempo da secagem. Saiba que, se morar em uma região especialmente húmida, a lenha seca mais lentamente. As madeiras mais densas, como o carvalho, também precisam de mais tempo.

2 – Se tiver de cortar a madeira escolha um local seguro para trabalhar. Opte por um local aberto no quintal para cortar os troncos em achas menores. O sítio deverá ter espaço suficiente para manusear a serra ou o machado sem obstruções. Um local plano é mais favorável do que um inclinado para que tenha um piso seguro e mais firme. Mantenha pessoas e animais de estimação bem longe do local de trabalho. Depois de começar a trabalhar verifique com frequência se tem alguém se aproxima.

3 – Corte os troncos inteiros pedaços menores. Primeiro meça a largura da câmara de combustão e subtraia alguns centímetros à lenha. Use esse padrão para medir e marcar o lugar onde deve cortar o tronco inteiro. Divida-o em toras do mesmo tamanho, usando uma serra ou um machado.

Note que a madeira encolhe à medida que vai secando. Há quem opte por cortar pedaços menores para que eles sequem mais rápido e uniformes para que sejam fáceis de empilhar. Ao partir a lenha, quebra a casca que forma uma vedação que retém a humidade, o que é fundamental para expor o máximo possível da madeira. Corte pedaços pequenos de lenha para acender, assim como peças maiores que demoram mais para queimar.

Empilhar a lenha

Escolha um espaço ao ar livre onde faça pouca ou nenhuma sombra a fim de acelerar o processo de secagem ao sol, de preferência com correntes de ar. Evite áreas propensas a inundações. Se possível, tente empilhar a lenha numa única fileira, com as extremidades cortadas para fora. Se o espaço não permitir uma fileira longa, separe-a em várias pilhas menores com o máximo espaço possível entre elas para haver uma boa circulação de ar.

Mantenha a lenha longe do chão, evitando que a humidade acumulada debaixo da pilha apodreça a madeira. Pode usar paletes para garantir a circulação de ar na parte inferior.

No exterior coloque a lenha com a casca voltada para cima, pois a casca resiste à humidade. Ao empilhar, não se esqueça de deixar espaços para permitir o fluxo de ar adicional! Coloque achas menores entre as maiores para criar estabilidade e as maiores nas extremidades para que funcionem como cunha. Caso armazene a lenha num armazém coloque-a com a casca virada para baixo para que seque mais rapidamente.

Se cobrir a lenha não deixe o plástico encostado à madeira, prefira apoiá-lo noutros materiais como estacas ou postes para que o ar circule e não crie condensação. Lembre-se que o plástico preto absorve mais calor e acelera a evaporação. Os materiais mais claros permitem a exposição direta ao sol.

Teste a Secagem da lenha

1 – Observe a cor da madeira. Embora a tonalidade da madeira varie de espécie para espécie, ela deve ficar cada vez mais escura à medida que for secando.

2- Cheire a seiva. Quando cortar o primeiro pedaço de lenha cheire-o e familiarize-se com o odor da seiva. Mais tarde, quando desejar usá-la, escolha alguns pedaços, cortando-os e cheirando-os. Se ainda sentir esse cheiro deixe a lenha secar mais.

3- Teste a casca. Se a maior parte das cascas tiverem caído por conta própria, a lenha está pronta para ser queimada. Se não, corte um pedaço de casca e examine a madeira por baixo dela. Se ela estiver esverdeada, é porque precisa de mais tempo para acabar de secar antes de ser utilizada.

4- Avalie a densidade. Ao cortar o primeiro pedaço de lenha, note o peso de cada peça. O pedaço deve ficar cada vez mais leve devido à perda de água.

5- Teste. Se ainda assim não tiver certeza, junte alguns pedaços de lenha para fazer uma fogueira. Se nem os pedaços menores nem os maiores acenderem é sinal que continua húmida e precisa de mais tempo de secagem.
  • Recuperador 700 Eco 14kW

    Recuperador 700 Eco 14kW

    586,00
  • Recuperador I12SB 13kW

    689,00
  • Recuperador Philos 700 com registo 12kW (Foyer)

    773,00
  • Recuperador 700 Selenic com registo 10kW (Foyer)

    785,00
  • Recuperador Milão 700 14kW

    Recuperador Milão 700 14kW

    799,00
  • Recuperador Berlim 700 14kW

    Recuperador Berlim 700 14kW

    799,00
  • Recuperador 700 Primo c/ Registo 10kW (Foyer)

    808,00
  • Recuperador 700 Compact com registo 12kW (Foyer)

    829,00
  • Recuperador Philos 700 Grande Ângulo 12kW (Foyer)

    840,00
  • Recuperador 700 Option 12kW (Foyer)

    874,00
  • Recuperador C130 11kW - Lado

    Recuperador C130 11kW

    888,00
  • Recuperador ANTEK 10kW

    907,00