Um sistema de Aquecimento Central possibilita um aumento da temperatura ambiente sem retirar as principais qualidades do ar que respiramos. É silencioso e permite que todo o espaço da casa seja aquecido, não se restringindo apenas a uma divisão.

O Aquecimento Central conjuga o máximo conforto com a máxima economia, sendo a solução mais racional do ponto de vista energético. A mesma caldeira, a lenha ou a pellets, permite aquecer a casa e ter água quente para o duche ou para tarefas da cozinha – águas quentes sanitárias.

A seleção de um Sistema de Aquecimento Central deverá começar pela realização de um projeto de dimensionamento, no sentido de apurar as necessidades energéticas da habitação.

O funcionamento de um Sistema de Aquecimento Central é, em termos gerais, muito simples: a água entra na caldeira e é aquecida. Esta água quente entra na rede de tubos e é encaminhada até aos radiadores ou piso radiante. Uma vez dentro dos radiadores / piso radiante, a água troca a sua energia com os mesmos. A temperatura da água diminui e a dos radiadores / piso radiante aumenta, aquecendo o ambiente. Após este processo, a água entra novamente na rede de tubos e é reencaminhada até à caldeira, dando continuidade ao processo de aquecimento ambiente.