Um iniciador de fogo consiste num produto para fazer lume ou iniciar uma queima. São geralmente produtos ou lenha com muito poder calorífico.

Entre os iniciadores de fogo mais procurados estão as acendalhas. Também pode recorrer a pequenas ripas de madeira com papel, ou papel embebido em azeite. O uso de um iniciador de fogo depende do gosto e habilidade de quem vai ligar o equipamento.

Está proibido o uso de todas as substâncias líquidas tais como, por exemplo, álcool, gasolina, petróleo e similares. Ao usar estes meios corre risco de inflamar o recipiente contendo o líquido e ter um acidente grave. Os líquidos auto-inflamáveis presentes no mercado têm uma tampa de segurança que torna impossível inflamar o recipiente, mas o uso de gasolina ou álcool para queimar não garante a segurança!

Siga estes passos para acender o seu equipamento a lenha:

  • Antes de começar o fogo prepare todos os produtos;
  • Abra todas as entradas de ar do equipamento para garantir oxigénio na queima;
  • Colocar a acendalha ou equivalente junto a pequenos pedaços de madeira com teor de humidade inferior a 20%;
  • A lenha maior fica no fundo da pilha, acima lenha média e no topo pequenas lascas de lenha. Entre a lenha deixe pequenos espaços de forma a que o ar circule e garanta oxigénio para a combustão;
  • Quando existir chama suficiente, vamos abrir a porta lentamente e fazer um carregamento com madeira seca. Fechar a porta lentamente;
  • Quando os troncos já estiverem a arder ajustar as entradas de ar. Além da regulação do ar para a combustão, a tiragem também afecta a intensidade da combustão e o rendimento calorífico do seu aparelho. Uma boa tiragem necessita uma regulação mais reduzida do ar para a combustão, enquanto uma tiragem escassa necessita de mais ar de combustão.
  • Por razões de segurança, a porta deverá permanecer fechada durante o funcionamento e períodos de uso. Apenas se deverá abrir para fazer o carregamento de combustível. Para as recargas do combustível, abrir lentamente a porta para evitar saídas de fumo, abrir a entrada de ar primário, introduzir a lenha e fechar a porta. Decorrido algum tempo, entre 3- 5 minutos, voltar à regulação recomendada de combustão.

Nunca sobrecarregar o aparelho (ver recomendação de carga de combustível máxima). Demasiado combustível e demasiado ar para a combustão podem causar sobreaquecimento e, portanto, danificar o aparelho.

Nota: À medida que o teor de humidade da madeira é reduzido, o seu valor calorífico aumenta, o que significa poupanças financeiras – até 30% do total de madeira necessária para uma estação. Quando se utiliza madeira com um teor de humidade demasiado elevado, a energia necessária para a evaporação da humidade e a formação de condensação na chaminé ou na câmara de combustão pode ser excessiva, o que afecta o aquecimento da sala. Outro fenómeno negativo observado quando se utiliza madeira com humidade demasiado elevada é a formação de creosoto, este destrói a conduta da chaminé e em casos-limite pode provocar a ignição e o incêndio da chaminé.